Não há como agradar todos


Querer agradar a todos é praticamente impossível, pois todos são muitos, e cada um possui desejos e expectativas diferentes. Para agradar a todos, teremos que nos desdobrar em muitos, e muitas vezes negar a nós mesmos.

Se nos desdobramos para agradar as pessoas, não nos mostramos como somos, pois nos vestimos de modo a agradar cada pessoa. Com tantas vestimentas, nos perdemos de nós mesmos, do que cabe a nós mesmos.

Enquanto somos apenas para o outro, deixamos de ser para nós mesmos. Deixamos de lado nossa identidade e nossas singularidades, que com o tempo vão se fragilizando, por não exercitarmos mais ser como somos, ou como desejamos ser.

Há uma grande diferença entre ser para o outro e ser com o outro. Ser para o outro é fazer apenas o que o outro precisa, se importar mais com o outro do que consigo mesmo, tomar ele como valor de sua ação.

Ser com o outro é ser como se esta sendo juntamente com o outro, sem se deixar de lado na relação com o outro. Por vezes, dizer não aos outros, pode significar dizer sim a si mesmo.

Entrar em contato

Envie uma mensagem para mais informações..