Autoconhecimento e realização pessoal

Autoconhecimento é o processo se conhecer mais profundamente, compreender seus sentimentos, seus valores e sentidos.

Para isso, é preciso olhar para si e para sua própria vida, percebendo o que têm feito dela, o que têm deixado de fazer, o que deseja e o que não deseja. Conforme vamos nos conhecendo, passamos a valorizar a pessoa que somos, nos abrindo a novas e diferentes experiências.

Realização Pessoal é o caminho que trilhamos no sentido de obter satisfação com a nossa vida. Nos sentimos realizados quando o que fazemos vai de encontro com o que realmente sentimos, desejamos, acreditamos e valorizamos.

Para isso é imprescindível conhecer sobre si mesmo, para que possamos perceber o que nos move, o que nos faz bem e o que não faz, o que desejamos realizar e o que gostaríamos de deixar para trás...

Mas, como me conhecer e ir de encontro com a minha realização pessoal? Segue abaixo algumas possibilidades e sugestões:


1. Não se cobre

Não se cobre para ser o que os outros esperam que você seja, não tome as expectativas dos outros como suas, nem leve a vida como uma cobrança. Lembre-se, uma coisa é você, outra coisa são os outros.

Para se conhecer é preciso perceber-se a si mesmo, e para isso é necessário deixar de lado quem aparentamos ser, e o modo como os outros esperam de nós, para abrir espaço ao modo como realmente somos e nos sentimos.

Muitas vezes nossas cobranças não correspondem ao que desejamos, mas às expectativas de outras pessoas sobre nós. Os outros tanto nos cobram ser de um modo específico, que com o tempo internalizamos e reproduzimos essa cobrança sem mesmo perguntar a nós mesmos se é realmente o que desejamos.


2. Não se compare

Eu sou eu, o outro é o outro. Cada pessoa é uma singularidade e uma unidade, não há como comparar com outra pessoa. Cada um tem seu modo de ser, seu tempo, suas experiências, seus modos de sentir e lidar com a própria vida.

Não precisamos nos comparar com as outras pessoas, nossa vida é resultado de nossas experiências e escolhas, e deve satisfazer a nós mesmos. Cada pessoa vive numa realidade, em condições e momentos diferentes.

Tentar ser outra pessoa é um desperdício para com a pessoa que somos. O valor de cada pessoa está justamente em ser como ela é, e não como não é.


3. Se questione

Questione a si mesmo como se sente com as experiências que vivencia, como se sente com a vida que têm levado, quais seus valores e o que é importante para si. Se possível, faça essas questões a si mesmo, de tempos em tempos:
  • O que me move?
  • Com o que me identifico?
  • O que estou fazendo me faz sentir bem ou mal?
  • O modo como me coloco representa a pessoa que sou?
  • O que é realmente importante para mim neste momento?
  • O que não me faz mais sentido?


4. Perceba e registre

Se possível, anote tudo o que for percebendo,  utilize uma caderneta ou um caderno só seu para fazer anotações, com isso você vai percebendo a si mesmo de uma maneira mais concreta, e inclusive suas mudanças e seu progresso.

O registro é importante pois como somos seres em transformação, podemos mudar e inclusive nos esquecer. Pode ser por meio de anotações escritas, ou mesmo de gravações de áudio. Tem pessoas que gravam áudios no próprio celular sobre si mesmas, para reverem de tempos em tempos.

A escrita nos possibilita colocar para fora o modo como estamos nos sentindo e rever o que percebemos, gerando novas percepções sobre nós mesmos, além disso também reafirma nosso compromisso em seguir em direção de nosso autoconhecimento e realização pessoal.


5. Parta para ação!

Depois de se questionar, refletir sua vida, se perceber e tomar notas, é hora de colocar em prática o que foi percebido e compreendido. 

Olhe para o que você registrou sobre si mesmo e procure meios para colocar em prática o que você identificou que te realiza, faça com que motive novas escolhas para sua vida!

Não se preocupe se parece difícil de ser realizado, realmente não é simples o processo de mudança, lembre-se de um antigo ensinamento de Lao-Tsé, antigo filósofo e escritor chinês, “uma longa viagem começa com um único passo”.


Conhecer sobre nós mesmos é um processo revelador e libertador, que nos possibilita seguir em direção de nossa realização pessoal, valorizando o modo como somos e desejamos ser.

Com isto, podemos rever o que estamos fazendo e ir em busca de novos caminhos que sejam mais satisfatórios e agradáveis, alinhados com nossas buscas autênticas.

“Autoconhecimento é um processo encontrar-se consigo mesmo, percebendo seus sentimentos genuínos, sem máscaras ou idealizações sobre como gostaria de ser visto pelos outros, é ser para si, de acordo com suas condições e possibilidades.”
(Bruno Carrasco)

Entrar em contato

Envie uma mensagem para mais informações..